The nicest thing

A estação de trem de Cambridge eh bem bike-friendly. Isso quer dizer que eh acessivel as bicicletas pq não tem escadas ou passarelas e tem catracas especiais pra ciclistas (que tb servem pra quem tem carrinho de bebê ou malas grandes).

Já a estação daqui da cidade eh bem o oposto disso pq tem passarela conectando uma plataforma a outra. Então os ciclistas tem que subir as escadas carregando suas respectivas. Felizmente, ela eh acessível a cadeirantes, ou seja, tem elevador grande. :-D

Obviamente eu uso o elevador na volta, pra subir até o nivel da passarela, descer uns degraus que tem antes de uma rampa que leva pra rua (não me pergunte pq degraus antes da rampa! Sério, eh a coisa mais idiota!). Acontece que hoje o dito elevador tava em manutenção. ha ha ha.

Eu imediatamente pensei "tô f-!". Tentei subir as escadas empurrando a bici (como faço descendo, sendo que descendo eu meio que seguro-A pra não sair "correndo") mas não tinha a MENOR chance! Então, uma alma iluminadíssima e gentilíssima disse o que soou como music to my ears (treinando vocab da semana passada!): "Do you need any help?" - ou será que foi "Do you need a hand?" ? não me lembro exatamente, mas ela ofereceu ajuda!!!

E ela deixou a bolsa e o café que tava bebendo na escada, onde tava sentada, e carregou a bici comigo até em cima! Eu até tive a impressão que ela tava fazendo mais esforço que eu no início e imediatamente fiz mais força! hahaha Lá ela me perguntou se eu conseguia descer com a bicicleta numa boa e eu falei que geralmente usava o elevador que hoje tava em manutenção. Aí ela insunuou que ia só pegar a bolsa pra me ajudar a descer a bicicleta até a outra plataforma! :-O Só que eu não faço isso pq pego a tal rampinha, então eh tranquilo de descer (e faço isso todo dia). Então expliquei isso a ela e disse "Thank you very much!"

Depois, como várias vezes acontece, eu fiquei pensando que podia ter dito "thank you ever so much!" ou "I can't thank you enough!" ou até mesmo "thank you very much, indeed!". Mas não, eu simplesmente disse aquele chulo abrigado...

Só não me culpo muito pq eu tendo a querer responder rápido, sabe? E com isso acabo usando um vocabulário mais simples, a primeira coisa que vem na minha cabeça, aquilo que já tá na caixóla há mais tempo, ao invés de por em prática o que aprendi recentemente. Pelo menos tenho uns 2 meses pra trabalhar nisso até meu exame oral do CAE.

De qq forma, fiquei super impressionada e feliz com a gentileza da moça que me ajudou! Foi um anjinho, com certeza, pq sem ela eu ficaria mofando até decidir pedir ajuda pra alguém.

Isso prova que every dark cloud has its silver lining, ou seja, tem sempre algo de bom que surge de uma coisa ruim (ou algo do gênero!) >>> praticando vocabulário! hehe

1 comentários:

Florzinha disse...

Que bom que apareceu essa alma bondosa! Eu sempre peço ao Pai que coloque pessoas assim na vida de vcs, meus Bebês! Bjs... Ah!Sei como se sente qto ao vocabulário, pq sou igualzinha! Quero responder logo e dispenso coisas mais interessantes de dizer nas ocasiões. Depois me acho uma boba! Inté!